INDISPONÍVEL

Ensino de Ciências - Pesquisas e Reflexões

Veja a Descrição

Produto Indisponível


Informações do Produto:

Autor: Paulo Marcelo Marini Teixeira
Páginas: 143
Formato: 16,5 x 22,5
Ano: 2006
ISBN 8586699535

Este livro é produto da articulação de vários autores, todos eles atuando na área de Educação em Ciências (professores de instituições do ensino superior, docentes que atuam no ensino médio e/ou alunos de cursos de pós-graduação). A obra é formada por um conjunto de nove artigos que socializam pesquisas, experiências e reflexões vinculadas a aspectos envolvendo o ensino de ciências na atualidade. Em seu conjunto, os textos permitem reflexões sobre temas como os livros didáticos de ciências, as aulas práticas e seu papel no ensino de ciências, mapas conceituais e ensino-aprendizagem, filosofia e história da ciência e sua inserção no ensino de ciências, problemas relativos à formação de professores de ciências, utilização de recursos da informática na sala de aula, etnobiologia, entre outros assuntos pertinentes a essa ampla área que é hoje o Ensino de Ciências.

O Brasil é um país que precisa investir com urgência em programas educativos em todos os níveis escolares e, especificamente, trabalhar incisivamente pela melhoria do ensino de Ciências –porque este é um campo fundamental para a formação da cidadania e para alfabetização científico-tecnológica da população, além de constituir-se em alicerce para o desenvolvimento tecnológico da nação como um todo. Nessa perspectiva, um dos pontos cruciais a receber atenção refere-se aos programas de melhoria na formação de professores, de modo que os textos apresentados pelos autores que participaram deste projeto poderão subsidiar processos de reflexão e apoiar propostas de modificação da prática docente, além da desejável utilização dos textos em cursos de formação inicial e continuada de professores, contribuindo, assim, para a discussão de propostas visando a melhoria da qualidade de ensino nas disciplinas vinculadas à área de ciências.

No primeiro artigo, há uma interessante discussão sobre a possibilidade de utilização da História da Ciência no Ensino de Ciências. Nesse sentido, a autora apresenta pesquisa realizada no contexto da formação inicial de professores de Biologia, trabalhando com o tema “Reprodução Humana” numa perspectiva histórico-epistemológica empregada como subsídio para a ação pedagógica.

O segundo texto aborda o problema da divulgação científica no Brasil. Os pesquisadores analisam as informações impressas em revistas de circulação nacional na tentativa de desvelar concepções de Ciência, Tecnologia e Sociedade, presentes nos respectivos artigos de divulgação científica e suas implicações para o ensino e aprendizagem de Ciências. O artigo seguinte é uma análise de como o conteúdo “Peixes” é apresentado nos livros didáticos de Ciências. Segundo os autores, foram encontrados problemas em todos os critérios analisados e os resultados indicam que esse assunto é apresentado de forma superficial, desconsiderando aspectos importantes sobre a ecologia do grupo e suas implicações para o equilíbrio dos ecossistemas, além da carência de abordagens sobre pesca, piscicultura, economia e degradação ambiental.

O texto que vem a seguir apresenta uma discussão sobre a presença persistente e a reprodução do ideário racional-positivista nos cursos de licenciatura na área de Ciências, com conseqüências importantes sobre a formação filosófico-científica, profissional e política dos futuros educadores. Na seqüência, o quinto artigo aborda um campo de estudo ainda pouco conhecido por parte de pesquisadores e educadores na área de Ciências, qual seja, a Etnobiologia. O artigo procura mostrar a contribuição que a investigação etnobiológica pode trazer para uma prática docente que leve em consideração as relações entre o conhecimento científico, o conhecimento escolar e a primeira cultura dos estudantes, ou seja, a bagagem cultural que eles trazem para dentro da sala-de-aula. 

O sexto artigo apresenta um perfil sobre representações e conseqüências da utilização de mapas conceituais em projetos de aprendizagem que integram recursos da informática. A investigação foi delineada com fulcro de pressupostos da Teoria da Aprendizagem Significativa de Ausubel e a observação participante de um seminário ocorrido no fórum do ambiente virtual e-Proinfo, do Ministério da Educação, com Assistentes Técnicos Pedagógicos de Núcleos de Tecnologia Educacional do Estado de São Paulo, em curso de Especialização em Informática na Educação. O estudo detecta que houve indicativos de incipiência na utilização de mapas conceituais, com a presença de distorções ou inconsistências no entendimento teórico-prático do tema, prevalecendo uma visão superficial, reduzida e nem sempre vinculada às fundamentações do conteúdo. 

O texto que se segue apresenta reflexões sobre o ensino de Química, a abordagem da Química no Ensino Médio e as questões relacionadas à formação dos professores nessa área, com ênfase no problema da formação inicial dos professores de Química. O penúltimo texto que compõe o livro apresenta uma discussão sobre a abordagem da Educação Ambiental em licenciatura da área de Ciências Biológicas, conjugada com a questão das aulas práticas e seu papel na formação de futuros professores. O texto também apresenta dados de pesquisa sobre as idéias de licenciandos em relação às dimensões teórica e prática da prática pedagógica. Finalizando a obra, o último texto apresenta os resultados de uma pesquisa que analisou como livros didáticos na área de Ciências Naturais e Biologia abordam a problemática das drogas psicoativas, detectando problemas e distorções que poderiam ser solucionados para que os livros didáticos contribuam mais efetivamente nos processos de ação preventiva às drogas realizados no âmbito escolar.

Queremos expressar nossos agradecimentos à FAPESB (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia), pelo apoio decisivo à execução deste projeto, e ao Prof. Dalton de Souza Amorim, cujas observações e sugestões colaboraram para que o trabalho ganhasse sua forma atual.

Esperamos que os textos presentes nesta coletânea possam humildemente colaborar com o trabalho de educadores, pesquisadores e estudantes vinculados à área de educação em ciências, no alcance de propostas e alternativas capazes de dinamizar e melhorar o ensino de ciências no país, posto que este é, como diria Adalberto Fazzio (físico, acadêmico e presidente da Sociedade Brasileira de Física), um campo que precisa ser considerado pela sociedade como um investimento futuro, constituindo aspecto fundamental para o exercício da cidadania, para a preparação de profissionais para a sociedade e para a formação de pessoas capazes de trabalhar para o avanço da ciência e tecnologia e para a própria prosperidade nacional.

Prof. Paulo Marcelo Marini Teixeira (Organizador)

Departamento de Ciências Biológicas 

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - Área de Educação

Grupo de Estudos e Pesquisas em Formação de Educadores em Ciências

Conteúdo:

Sumário
Os Autores .......................................................................................... 7
Apresentação ....................................................................................... 9
Contribuições da História da Ciência para a formação inicial dos professores de Biologia, Iône Inês Pinsson Slongo .................. 13 
Artigos de divulgação científica e o Ensino de Ciências: concepções de ciência / tecnologia / sociedade, Hosana Salete Curtt da Silva & Jorge Megid Neto .................................................................. 32
Análise crítica do enfoque adotado sobre o conteúdo peixes em livros didáticos de ciências, Monaliza Magdalene da Silva, Paulo Marcelo Marini Teixeira & Ricardo Jucá-Chagas .................................. 53
Do Racional-Positivismo ao Construcionismo Científico, José Luiz Zambiasi ................................................................................... 68
Investigação etnobiológica e Ensino de Biologia: uma experiência de inclusão do conhecimento de alunos agricultores na sala de aula de Biologia, Geilsa Costa Santos Baptista & Charbel Niño El-Hani .................. 84
O uso de mapas conceituais em projetos de aprendizagem integrados a recursos da informática: aplicação procedente ou atividade inútil?, Júlio César Castilho Razera .......................................... 97
A formação de professores: um olhar para a Química, Ana Luiza de Quadros ................................................................................... 109
Aulas práticas em cursos de Ciências Biológicas: conversando com os(as) licenciandos(as), Marco Antonio Leandro Barzano ........ 114
As drogas psicoativas nos livros didáticos de Ciências e Biologia, Eritan Alves de Oliveira, Cláudia Virginia Galindo Cavalcante & Daisi Teresinha Chapani .................................................................. 128

Informações Adicionais:

Informação Dados
Fabricante Holos Editora
Produto Novo

Últimos Produtos Visitados

PSICOEDUCAÇÃO. Teoria e Prática para a Intervenção junto a Crianças e Adolescentes em Situação de Risco Psicossocial

R$ 67,00

Moscas das Frutas de importância econômica no Brasil

R$ 85,00

Uma Flora Ilustrada. Guia para as plantas do Museu do Café

R$ 50,00

siga a Holos Editora em nossas redes sociais

Acompanhe as novidades e promoções